fbpx

Flywheel Marketing: O funil de vendas mais eficiente do momento

The Funnel and the Flywheel: How to Use Content Marketing to Close New Business

O que vem depois do final de um funil?

Essa pergunta talvez soe filosófica no estilo: “onde chega a luz no fim do túnel?”. Porém, não precisamos divagar tanto assim quando estamos falando do funil de vendas no marketing.

Criar uma estratégia de funil é sobre a experiência do cliente a partir do momento que ele entra em contato com sua empresa. O funil de vendas no formato V é o mais tradicional, porém, muitas vezes ele é questionado se seria mesmo a melhor estratégia, afinal a jornada do cliente não precisa terminar assim que ele chega no fundo do funil, ou seja, existe uma estratégia cíclica que vai além do funil tradicional e essa estratégia se chama Flywheel.

À medida que o marketing foi evoluindo, o funil de vendas mais tradicional também foi repensado.

Com o surgimento de um olhar mais atento ao cliente, o marketing digital tem procurado olhar não apenas pelo caminho que essa pessoa percorre, mas sim para essa própria pessoa, e a riqueza de experiência que ela proporciona e pode trazer à sua empresa.

O funil de vendas tradicional passa por quatro fases: atrair, converter, relacionar e vender. Através do Inbound Marketing, onde um cliente em potencial chega até um de seus canais (site, redes sociais, blog) e é impactado por alguma informação valiosa aplicada com marketing de conteúdo, o funil tradicional visa nutrir esse cliente através de uma jornada que o leva até um ponto final (vender).

A questão é que precisamos pensar em uma estratégia que valorize esse cliente e sua jornada como um todo. Segundo uma pesquisa feita pela HubSpot, 93% das pessoas voltam a comprar de sua empresa quando elas passam por um atendimento excelente.

Quais os problemas com o funil tradicional?

Linear de mais

Na prática seu potencial cliente pode estar em qualquer parte do funil, o que significa que não necessariamente ele irá acessar diretamente o topo do funil que sua empresa criou.

Tem um ponto de chegada (fim do funil)

O fim do funil é quando há ação de compra do seu serviço. O problema é que a aquisição de novos clientes sai caro. O ideal é manter esse cliente que converteu em sua base.

Simplifica demais o processo

Todos sabemos que a jornada do cliente é complexa. As vezes o funil tradicional esbarra nessa complexidade e não oferece um aprofundamento estratégico necessário para tornar um visitante em um cliente.

Como funciona o Flywheel?

Flywheel Marketing: a evolução do funil de vendas

Os clientes ficam no meio, convertendo-se em aliados e promotores da sua marca.

Há um ponto importante, o Flywheel se esforça em não criar a inércia, ou seja, ele procura manter a ‘roda sempre girando’.

O problema com o funil tradicional é que é muito comum encontrar uma barreira que ‘emperra’ a jornada do cliente. A inércia nesse caso, é o inimigo do funil.

Para acabar com essa inércia, o Flywheel é uma estratégia aplicada de forma cíclica. Nele o cliente está no centro de todas as ações. A vantagem dessa ação é que mesmo que o cliente tenha realizado uma compra, ele continuará sendo impactado por esse funil. Além do mais, a estrutura do Flywheel traz soluções mais eficientes dentro da jornada desse cliente.

Se pensarmos que grande parte dos lucros de diversas empresas venham de clientes já existentes, o Flywheel, além de manter esse cliente junto á sua empresa, torna-o também um defensor do seu negócio.

Assim como no funil de marketing tradicional, o Flywheel beneficia-se com o marketing de conteúdo. Se sua empresa já aplica Inbound Marketing e usa um funil tradicional, é possível migrar para o Flywheel com alguns ajustes:

  • Conteúdo: o Flywheel usa táticas como eventos sociais, newsletters, conteúdos exclusivos e personalizados.
  • Vendas: valorize o cliente que fez uma venda, crie um relacionamento efetivo. Lembre-se, o Flywheel é foco no relacionamento com o cliente.
  • Serviço: O segredo é rodar a roda do funil cíclico. Quanto mais rápido essa roda girar, menos inércia será gerada. Aposte em um serviço excepcional. Para isso invista em montar um time de vendas e customer success. Essas duas áreas trabalharão juntas para fazer essa roda girar.

Se sua empresa quer se destacar no mercado, então comece pensando em colocar o cliente no centro de sua estratégia. A estratégia do Marketing Flywheel é muito eficiente e com certeza irá providenciar um destaque maior diante a concorrência.

Você pode entrar em contato com um de nossos especialistas para tirar dúvidas sobre funil de vendas e Marketing Inbound.

 

 

 

 

 

 

Cindy

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale conosco por Whatsapp
Enviar mensagem por Whatsapp